Brasilien: VBMT-LSR

Wehrtechnik & Rüstung, Sicherheit und Verteidigung außerhalb Europas
Antworten
theoderich
Beiträge: 6197
Registriert: So 29. Apr 2018, 18:13

Brasilien: VBMT-LSR

Beitrag von theoderich »

Diretoria de Fabricação coordena teste de engenharia da integração do sistema de armas REMAX

Bild

Bild

Bild
De 27 a 30 de abril, foram realizados os testes de engenharia da integração do sistema de armas REMAX à Viatura Blindada Multitarefa Leve Sobre Rodas (VBMT-LSR) 4x4.
http://www.eb.mil.br/web/noticias/notic ... d/11451279
Assinatura do contrato de aquisição da Viatura Blindada Multitarefa Leve sobre Rodas (12. November 2019)

Bild
Brasília (DF) – Em 6 de novembro de 2019, foi realizado, no Quartel-General do Exército, um evento que contou com a presença do Embaixador da Itália no Brasil, Senhor Antonio Bernardini; do Comandante Logístico, General de Exército Carlos Alberto Neiva Barcellos; do Chefe do Estado-Maior do Exército, General de Exército Walter Souza Braga Netto; do Secretário de Economia e Finanças, General de Exército Valério Stumpf Trindade; do Presidente da CNH Industrial/IVECO, Senhor Vilmar Domingos Fistarol, do Diretor da IVECO Veículos de Defesa, Senhor Humberto Spinetti, de oficiais-generais da guarnição de Brasília; e demais militares e executivos da empresa contratada.

A cerimônia teve por finalidade realizar a assinatura do contrato de aquisição da Viatura Blindada Multitarefa Leve sobre Rodas (VBMT-LSR), 4x4, celebrado entre o Exército Brasileiro e a empresa IVECO Veículos de Defesa.
Am 6. November 2019 wurde im Hauptquartier des brasilianischen Heeres ein Vertrag mit Iveco Defence Vehicles zur Beschaffung des Viatura Blindada Multitarefa Leve sobre Rodas (VBMT-LSR) unterzeichnet.
O atual contrato contempla um quantitativo de 32 viaturas, em um período de quatro anos, constituindo-se em um primeiro lote fabricado na sede da empresa na Itália que passará por um processo de integração dos sistemas de armas e de Comando e Controle no Brasil.
Der Vertrag umfasst 32 Fahrzeuge, die über vier Jahre geliefert werden. Diese sind ein erstes Fertigungslos, das in Italien produziert wird. Danach werden in Brasilien die Waffen- und Führungssysteme integriert.

http://www.eb.mil.br/web/noticias/notic ... irect=true
Em nova fase, Programa Estratégico Guarani contempla Aquisição de outros Modelos de Viaturas Blindadas (2. April 2019)
A Família Guarani possui, também, uma subfamília leve. São veículos 4x4, como a Viatura Blindada Multitarefa – Leve Sobre Rodas; Viatura Blindada de Combate Anticarro – Leve sobre Rodas; Viatura Blindada Especial de Observador Avançado – Leve Sobre Rodas; Viatura Blindada Especial de Guerra Eletrônica – Leve Sobre Rodas; Viatura Blindada Especial de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear – Leve Sobre Rodas; Viatura Blindada Especial Radar – Leve Sobre Rodas. O primeiro veículo será a Viatura Blindada Multitarefa – Leve sobre Rodas. Trata-se de uma viatura 4x4, dotada de elevada proteção blindada e antiminas, elevada mobilidade tática e estratégica, apta a desempenhar grande diversidade de missões. A viatura será obtida por nacionalização, a ser conduzida pelo DCT.
http://www.epex.eb.mil.br/index.php/ult ... -blindadas


Viatura Tática Leve Multitarefa Lince K2 (12. September 2019)

Bild
No Brasil, essa viatura foi adquirida pelo Gabinete da Intervenção Federal. No final do ano de 2018 foram comprados 16 (dezesseis) viaturas no modelo Lince K2 do Exército Italiano com a finalidade de equipar a força que encontrava-se atuando em operações no estado do Rio de Janeiro. Os blindados, ao chegarem ao Brasil, tiveram como destino o 15° Regimento de Cavalaria Mecanizado (Escola) e foram utilizados para patrulhamento em áreas de risco e de difícil acesso.

O contrato firmado com a República Italiana contou ainda com treinamento de militares brasileiros por parte do Exército Italiano. Deve ser salientado que a viatura adquirida emergencialmente pelo Exército não é idêntica ao protótipo do LMV, da Iveco Defence, sediada em Sete Lagoas – MG. Por ainda ser um protótipo e a fábrica não estar preparada para a produção emergencial, decidiu-se pela aquisição de um modelo em operação.
Em relação ao armamento, a viatura aceita a incorporação de vários armamentos como: metralhadora MG 3 7,62 mm, MAG 7,62 mm e M2QCB 12,7 mm (.50). Ressalta-se que ainda podem ser instalados sistemas de armas remotamente controlados como o REMAX.
http://www.cibld.eb.mil.br/index.php/pe ... otilha-144


Conclusão do Processo para Obtenção Viaturas Leves 4x4 (15. April 2016)

Bild
http://www.epex.eb.mil.br/index.php/ult ... -leves-4x4

Antworten